O Instituto de Gestão e Humanização (IGH) assinou com Governo do Espírito Santo o contrato de gestão para administrar o Hospital Estadual Infantil e Maternidade de Vila Velha (Himaba), após apresentar a melhor proposta em certame público.

A organização social que ficará com a incumbência da gestão operacional do complexo hospitalar, terá como Um dos desafios aumentar o número de leitos em 27% e ampliar o número de atendimentos do pronto-socorro em quase 23% e do ambulatório em 30%.

Durante a solenidade de assinatura do contrato que contou com a presença do governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, o secretário de Estado da Saúde, Ricardo de Oliveira, junto com os quatro subsecretários da pasta e outros membros da equipe da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), deputados estaduais, representantes da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e da Secretaria de Estado de Controle e Transparência (Secont), além de representantes do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), o superintendente do IGH, Paulo Bittencourt, destacou a satisfação em atuar no estado.

“Estamos muito felizes. Um estado com ajuste fiscal, que é um diferencial no Brasil, um governador comprometido com a saúde. Sabemos da nossa responsabilidade diante do papel do Himaba e também cientes de que somos capazes de gerir com qualidade. Vamos alcançar nossas metas. Vamos fazer uma saúde melhor para todos”, comentou.

Atualmente, o Himaba possui 142 leitos, mas a previsão é de que esse número aumente para 180 com a abertura de mais 03 leitos de obstetrícia, 10 de saúde mental, 20 de Unidade de Cuidado Neonatal Intermediário Convencional (Ucinco), 03 de Unidade de Cuidado Intensivo Canguru (Ucinca) e 02 de Unidade de Tratamento Intensivo Pediátrico (Utip). A assunção do contrato com IGH permitirá ainda a ampliação do número de internações de 9.817 para 10.952 mensais, bem como o de atendimentos no pronto-socorro de 48.977 para 60.142 e no ambulatório de 44.486 para 58.044.