Os cuidados necessários em uma rotina de trabalho são os enfoques dos treinamentos que estão sendo realizados junto às equipes assistenciais da UPA Zona Norte neste mês de janeiro. As atividades estão sendo realizadas pelo Serviço de Controle de Infecção Hospitalar e também pelo Serviço de Segurança e Medicina do Trabalho da unidade. Todos os 95 profissionais que compõem a equipe de enfermagem da unidade participarão desses treinamentos, abordam temas como: cuidados com isolamento, cuidados com materiais perfurocortantes, lavagem de mãos e utilização dos equipamentos de proteção individuais (EPIs), por exemplo.

 

Durante as atividades, está sendo enfatizada a obrigatoriedade de minimizar os riscos de infecção. “O conhecimento e a conscientização são fundamentais para a diminuição dos riscos, bem como a imunização e a adoção de ações seguras, entre tantas outras atitudes e cuidados”, reforça a enfermeira do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar da unidade, Georgia Biondo. Esse tipo de cuidado irá impactar na diminuição dos índices de acidentes de trabalho entre as equipes de enfermagem, a principal categoria exposta a esse tipo de risco em qualquer serviço de saúde, uma vez que seu contato com os agentes de infecção estão na sua rotina.

O uso correto dos equipamentos de proteção individual (EPIs) é uma das principais medidas para a diminuição do contato com fungos, bactérias, vírus, ectoparasitas, protozoários, hepatites virais e meningites, que são alguns dos fatores que contribuem para o aumento da incidência de riscos biológicos, aponta o técnico de Segurança do Trabalho da unidade, Marco Vargas. “Essa é apenas uma das tantas medidas de proteção que o profissional deverá colocar em prática nas suas atividades. O descarte de materiais perfurocortantes é outra importante medida de diminuição de riscos”, enfatiza.

Capacitações na UPA Zona Norte

Desde a inauguração da unidade, em 20 de setembro de 2017, os profissionais da assistência direta aos usuários têm participado de constantes capacitações e treinamentos. Durante este ano, novas capacitações serão realizadas todos os meses, a fim aperfeiçoar as rotinas assistenciais.