O Hospital Estadual de Urgências de Aparecida de Goiânia Cairo Louzada (Huapa) acolheu na última segunda-feira (5 de fevereiro), 73 novos estagiários, sendo 54 estudantes de Medicina da Universidade de Rio Verde (UniRV); duas alunas de Nutrição da Universidade Federal de Goiás (UFG); 16 técnicos em Enfermagem e um aluno de Enfermagem da Faculdade e Colégio Suldamérica, de Goiânia. Os estagiários receberam as boas-vindas do diretor técnico do Huapa, Roberval Gonzalez, no auditório da unidade.

“Gostaria de tê-los como parceiros e propor-lhes um desafio: vamos nos colocar no lugar do paciente e do familiar dele, porque quando alguém adoece acaba envolvendo grande parte da família. Ao sermos atenciosos com o familiar desse paciente, também estaremos contribuindo para a cura dele. Sejam todos bem-vindos e contamos com vocês”, orientou Roberval.

Em seguida, os presentes acompanharam a palestra da responsável pelo Departamento de Ensino e Pesquisa (DEP), Ana Paula Dias, que discursou sobre a missão, a visão e os valores do Huapa, seu funcionamento e perfil; direitos e deveres dos alunos, além da utilização de redes sociais dentro do hospital. Depois, os alunos assistiram à ministração do técnico em segurança do trabalho, Leandro Henrique Onorio, e da enfermeira Ana Flávia da Silva Soares, ambos do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (Sesmt), que destacaram a proibição do uso de adornos, como colares, anéis, pulseiras, entre outros, e explicaram as providências a serem tomadas no caso de acidentes de trabalho.

Já a enfermeira do Núcleo de Segurança do Paciente (NSP), Dayse Edwiges Carvalho, discursou sobre a atenção do profissional de saúde para evitar eventos adversos e garantir a segurança do paciente. E para finalizar o ciclo de palestras, o médico do trabalho e cirurgião geral Alibert Chaves falou sobre o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), que descreve cada função do trabalhador dentro do Huapa e os riscos, além da importância dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e sobre os exames médicos ocupacionais, que são admissional, demissional, retorno para o trabalho e mudança de função.