Visitar regularmente o dentista, escovar os dentes após as refeições e passar fio dental são alguns dos cuidados essenciais para manter uma boa higiene bucal. Porém, o que muitos não sabem é que esses cuidados começam muitos antes do surgimento do primeiro dente do bebê, quando ainda estão na barriga da mãe. Ao seguir uma alimentação saudável durante a gestação, com uma dieta balanceada de cálcio, por exemplo, a mãe ajuda a criança a ter um desenvolvimento bucal sadio. Aliado a isso, claro, é preciso tomar outros cuidados durante a infância, pois essa é a principal fase de aparecimento de doenças bucais. 

 

Segundo a Associação Brasileira de Cirurgiões-Dentista (ABCD), 56% dos brasileiros com menos de 12 anos possuem cárie, que surge a partir de uma má higiene oral, alta ingestão de açúcar ou por complicações de outras doenças que diminuem a quantidade de saliva na boca. Se não tratada, a cárie pode levar a uma sensibilidade dentária, dificuldade de mastigação, perda de dentes, comprometimento estético, movimentação dentária, mau hálito, necrose da polpa dentária, abscessos e até complicações sistêmicas. 

Com o objetivo de alertar sobre o tema e estimular o cuidado e a prevenção, no Dia Mundial da Saúde Bucal, celebrado no próximo sábado, 24 de março (sábado), às 9h, o Hospital Estadual Materno-Infantil Dr Jurandir do Nascimento (HMI), da SES - Governo de Goiás, recebe profissionais da Associação Brasileira de Odontopediatria - Regional Goiás (ABO-GO), que vai distribuir kits de higiene bucal para as crianças internadas na Clínica de Pediatria e Pronto Socorro de Pediatria (PSP). A visita contará com a presença da presidente da ABO-GO, Suzana Cardoso Moreira.