Unidade tem gestão compartilhada entre Prefeitura e IGH


A Unidade de Pronto Atendimento - UPA 24 Horas Zona Norte completou seis meses em funcionamento no último 20 de março. Em atividade por meio de gestão compartilhada entre a Prefeitura Municipal de Caxias do Sul (RS) e o Instituto de Gestão e Humanização (IGH), a unidade já realizou mais de 34 mil atendimentos de Urgência e Emergência desde a inauguração.

 Ao assumir a gestão operacional da UPA Zona Norte, o IGH implantou um sistema de classificação de risco com padrão internacional, por meio do sistema TriusOne. A unidade é o único estabelecimento de saúde, entre as redes pública e privada, a utilizar essa tecnologia na Serra Gaúcha.

O sistema é operado por profissional de enfermagem e segue o Protocolo de Manchester, que permite estabelecer a prioridade no atendimento. Segundo a diretora geral do IGH em Caxias do Sul, Maria Eliana Ferreira, “a classificação de risco é realizada de forma rápida e precisa, oferecendo assim segurança ao paciente de acordo com as suas condições clínicas”. Ela evidencia que todas as Unidades de Pronto Atendimento com gestão do Instituto estão equipadas com esse sistema.

Com a utilização do TriusOne a classificação é realizada por meio de cores: Vermelha (emergência), risco imediato de perder a vida; Laranja (muito urgente), risco imediato de perda de função de órgãos ou membros; Amarela (urgente), condição que pode se agravar sem atendimento; Verde (pouco urgente), baixo risco de agravo imediato à saúde; e Azul (não urgente), sem risco imediato de agravo à saúde.

Investimento em capital humano

Além de investir em tecnologia para prestar serviços de excelência em Saúde e melhorar a qualidade de vida dos usuários do SUS, o IGH tem como missão contribuir para o crescimento de seus colaboradores. Por conta disso, desde que assumiu a gestão compartilhada da UPA Zona Norte tem feito investimentos em atualização do seu corpo funcional.

Já são mais de 940 horas investidas na realização de treinamentos e capacitações que envolvem as equipes de enfermagem, o corpo clínico e a área administrativa.

De acordo com Maria Eliana, a instituição faz um mapeamento das rotinas, a fim de direcionar os treinamentos às necessidades de cada área. “Dessa forma, conseguimos aprimorar a atividade-fim de cada setor”, enfatiza. A gestora também ressalta que os treinamentos e as capacitações são programados mensalmente entre as coordenações e os membros das equipes assistenciais.


Usuários classificam o serviço como excelente

Para que o serviço se mantenha resoluto, o IGH conta com totens instalados pela unidade de saúde, que servem como um meio de comunicação entre instituição gestora e usuários da UPA Zona Norte.

Por esses totens os pacientes e/ou acompanhantes podem avaliar diversos itens do serviço, como a classificação de risco, o atendimento médico/odontológico, o serviço de enfermagem, o serviço de nutrição, o serviço social, bem como itens relacionados à infraestrutura do local.

Desde que a unidade entrou em funcionamento, o serviço tem sido classificado como excelente por mais de 80% dos usuários. “Isso mostra que um serviço de saúde com gestão compartilhada consegue cumprir o seu papel junto ao usuário do SUS, ao oferecer um serviço que resulta na sua satisfação”, afirmou Maria Eliana.

Zona Norte é uma das mais beneficiadas pelo serviço

Instalada no bairro Centenário II, às margens da Rota do Sol, a UPA Zona Norte tem capacidade para atender até 350 pacientes por dia ou até 10mil pacientes por mês.

Os moradores da Zona Norte de Caxias do Sul são os que mais buscam o serviço, em especial os moradores do bairro Santa Fé, que representam cerca de 25% dos atendimentos realizados mensalmente. Os moradores dos bairros Centenário, Fátima, Nossa Senhora do Rosário e Serrano registram alto índice de procura ao serviço.

A unidade também foi procurada por moradores de bairros mais distantes, como Cinquentenário, Cruzeiro, Forqueta, Kayser e dos distritos de Apanhador, de
Santa Lúcia do Piaí e de Criúva, por exemplo.

O serviço já prestou atendimento a moradores de outros municípios, como Flores da Cunha, Feliz, Jaquirana e São Francisco de Paula.


Campo de estágio para estudantes da área da saúde

Com o intuito de contribuir com o crescimento acadêmico e profissional dos estudantes da área da Saúde, a partir do segundo semestre de 2018, a UPA Zona Norte será campo de estágio para estudantes dos cursos de nível médio, como o de Técnico de Enfermagem e para estudantes de graduação dos cursos de Enfermagem, de Farmácia, de Nutrição e de Serviço Social.

O convênio com as instituições de ensino deve ser realizado dentro dos próximos meses.