Durante o mês de agosto, o Banco de Leite Humano (BLH) do Hospital Estadual Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha, vai promover atividades relacionadas ao aleitamento materno. Além de cursos para as mamães e para profissionais de saúde, a programação inclui exibição de filme, roda de conversa e palestra. As atividades fazem parte do Agosto Dourado, mês dedicado a incentivar a amamentação.

A Semana Mundial do Aleitamento Materno é uma campanha criada em 1992 pela Aliança Mundial de Ação Pró-Amamentação (WABA), que foi fundada em 1991 após um encontro promovido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidades para a Infância (Unicef). Todo ano, mundialmente, a Semana Mundial de Aleitamento Materno é comemorada entre os dias 1º e 7 de agosto.

No Himaba, a programação começa no dia 2 de agosto com um curso de Atenção Humanizada ao Recém-Nascido, também conhecido como Método Caguru. As atividades vão ocorrer durante todo o mês com foco voltado para as mamães de pacientes que estão internados na unidade e as futuras mamães da maternidade.

A intenção dessas ações é dar visibilidade e promover informação acerca da importância da amamentação e conscientizar que o leite materno é o principal alimento para as crianças.

Certificação

Em 2013, o Himaba foi certificado pelo Ministério da Saúde como referência estadual para a atenção humanizada ao recém-nascido com peso inferior a 2,5 quilos (Método Canguru), tornando-se polo de capacitação do método. O Himaba foi a 6ª unidade hospitalar no país a receber essa certificação.

O Método Canguru é usado desde 2008 pelo Himaba. Na época, as mamães podiam ficar com seus bebês durante o dia na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (Utin). Com a criação de uma enfermaria própria para esse atendimento, em janeiro de 2011, o vínculo passou a ser integral na Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Canguru (Ucinca).

Informar

O Método Canguru busca a melhoria da qualidade da atenção prestada à gestante, ao recém-nascido e sua família. Além de promover o contato pele a pele (posição canguru) precoce entre a mãe/pai e o bebê, de forma gradual e progressiva, o método favorece também o vínculo afetivo, a estabilidade térmica, o estímulo à amamentação e o desenvolvimento do bebê.

A pediatra e coordenadora do Banco de Leite Humano do Himaba, Rosa Maria Negri Alves, acrescenta que o método utilizado no hospital diminui o tempo de separação mãe-filho, evitando longos períodos sem estimulação sensorial e um dos mais importantes fatores, a diminuição da permanência hospitalar.

Banco de leite

O Himaba abriga um Banco de Leite Humano, que tem como principal foco promover e apoiar o aleitamento materno para mães com dificuldades de amamentar. No local, também são realizados atendimentos por telefone, com o esclarecimento de dúvidas sobre amamentação, medicamentos, entre outros.

O Banco de Leite do hospital não fecha nos fins de semana e feriados. O atendimento é feito todos os dias, das 7 às 18 horas.

Programação

02 e 03/08: XVI Curso Atenção Humanizada ao Recém-Nascido – Método Canguru. Local: Auditório do Himaba, Horário: 8h às 18h.

09 e 10/08: Curso Promoção e Incentivo à Amamentação para Profissionais de Saúde. Local: UVV, Horário: 8h às 18h.

16/08: Sessão Pipoca e Roda de Conversa. Público: Colaboradores da Utin e Maternidade. Local: Auditório do Himaba, Horário: 15h às 17h.

18/08: Mesa Redonda com o tema: Experiências exitosas em Aleitamento Materno – Uma Visão multiprofissional. Promoção do Departamento de Aleitamento Materno da Sociedade Espírito-Santense de Pediatria (Soespe). Local: Parque Botânico da Vale – Anfiteatro. Horário: 9h às 11h.

20/08: Sessão Pipoca e Roda de Conversa. Público: Mães e acompanhantes da Maternidade. Local: Auditório do Himaba, Horário: 15h às 17h.

20/08: Sessão Pipoca e Roda de Conversa. Público: Mães e pais da Utin. Local: Auditório do Himaba. Horário: 10h às 12h.