HMI inicia Semana da Prematuridade com debates sobre cuidado com bebê


O Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI) começou hoje, 12 de novembro (segunda-feira), iniciou mais uma edição da Semana da Prematuridade. A fim de discutir sobre o nascimento de bebês antes da 37ª semana de gestação, que correspondeu a 65% dos partos realizados na unidade de janeiro a setembro deste ano, o evento foi aberto com uma palestra sobre o panorama da prematuridade, apresentada pela obstetra Luiza Emylce Rosado. Segundo a profissional, “em 50% dos casos, não há fator de risco que indique a prematuridade. Porém, é possível evitar”. Com a temática “Somos Super Amigos: Equipe + Bebê Prematuro + Família”, a programação segue até sábado (17 de novembro).

Em seguida, a presidente da Comissão de Óbitos do HMI, Priscila Rodrigues, apresentou dados sobre a mortalidade de prematuros na unidade. “A taxa de mortalidade neonatal do HMI é de 6,58%, devido ao perfil de atendimento da unidade, que é focado em gestação de alto risco e malformações congênitas”, destacou. Complementando a palestra anterior, a infectologista Cláudia Rodrigues detalhou as possíveis infecções que podem agravar ainda o quadro desses bebês, uma vez que ficam internados em unidades neonatais. 

Programação – Amanhã, dia 13 (terça-feira), às 9h, a equipe da Psicologia do hospital realizará uma dinâmica com contação de histórias de mães que estão com seus bebês internados nas unidades neonatais do HMI. Durante todo o dia 14 (quarta-feira) haverá uma exposição de cartinhas escritas pelos familiares de prematuros, contando suas histórias sobre o período de internação dos bebês, acompanhadas de fotos. A dinâmica “Vivência dos Sentidos” será realizada na quinta-feira (15 de novembro), às 14h, na Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal (Ucin) e Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTI Neo) do HMI, para que os profissionais compreendam como o bebê prematuro se sente com os inúmeros estímulos que são lançados no ambiente. Serão pautados os cinco sentidos – audição, visão, olfato, tato e paladar – e, ao final, será discutido sobre a experiência vivida. 

Na sexta-feira, dia 16, as profissionais – também conhecidas como super-heroínas – receberão cuidados estéticos no “Centro de Beleza da Mulher Maravilha”, durante a manhã. Paralelamente, haverá a “Fábrica de Super-Heróis”, em que os bebês internados nas unidades neonatais do HMI serão fotografados com capas de super-heróis. Ao longo de toda a semana, os participantes ainda assistirão a apresentações musicais e lúdicas. No último dia, 17 de novembro (sábado), às 10h30min, será realizado um abraço simbólico ao redor do HMI com a participação do super-time formado pelas equipes assistencial e de apoio, colaboradores, mães e ex-prematuros, Missão Sorriso, Projeto Bebê Canguru e de super-amigos que apoiam o HMI. A ação será animada pelo repertório musical da Fanfarra Banda Triunfo, da Polícia Militar Mirim. Na ocasião, todos estarão com camisetas personalizadas da Semana da Prematuridade.