29/10 – Dia Mundial do AVC (Acidente Vascular Cerebral)

O dia 29 de outubro, Dia Mundial do AVC (Acidente Vascular Cerebral), é uma data para alertar a população sobre os riscos desta emergência médica.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o AVC é segunda causa de morte no mundo e a principal causa de incapacidade no adulto. A cada quatro pessoas, uma pode ter a doença por vários fatores, como hipertensão, sedentarismo, colesterol elevado, obesidade, diabetes, tabagismo entre outros.

O Hospital Municipal de Contagem (HMC) Contagem José Lucas Filho atende uma média mensal de 40 pacientes diagnosticados com acidente vascular cerebral, sendo que apenas dois chegam a tempo para receberem o diagnóstico e iniciarem o procedimento trombólise para reverter o coágulo nos casos de AVC isquêmico.

O Acidente Vascular Cerebral isquêmico é a obstrução de uma artéria responsável por levar o sangue a uma região do cérebro e representa 85% dos casos de AVC no mundo. Sem nutrientes e oxigênio, parte do cérebro pode morrer.

De acordo com o neurologista Dr. Octávio Marques Pontes Neto, que é o coordenador Nacional de Pesquisa em AVC e chefe do Serviço de Neurologia e Emergências Neurológicas do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto/USP, o tratamento trombolítico vinculado a agilidade da identificação do AVC isquêmico e o início da intervenção assistencial são métodos altamente eficientes na atualidade.

AVC hemorrágico ocorre quando há rompimento de um vaso cerebral, provocando hemorragia. Esta hemorragia pode acontecer dentro do tecido cerebral ou na superfície entre o cérebro e a meninge.

Aprenda a identificar os sintomas

Qualquer pessoa pode auxiliar na identificação dos primeiros sinais do AVC segundo a Sociedade Brasileira de Doenças Cerebrovasculares (SBDCV). Para auxiliar nisso, ela sugere relacionar alguns sintomas às letras iniciais da palavra SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), assistência essencial para os primeiros atendimentos em casos de urgências médicas. Veja a seguir:

Sorria – peça para a pessoa dar um sorriso, a boca torta pode ser um indicativo do AVC;

Abrace – veja se a pessoa consegue levantar os dois braços, a perda da força em um dos braços é mais um sinal característico do AVC;

Música – faça com que a pessoa repita uma frase como uma música. A dificuldade na fala é outro sintoma.

Urgente – identificou algum dos sintomas ligue para o SAMU 192.