Cerfis – uma trajetória de sucesso e amor.

No próximo dia 17 de novembro, acontece a 1ª Corrida e Caminhada do Coração e 3ª PanKids, que terão a renda das inscrições destinada ao Centro de Reabilitação de Fissuras Lábio Palatinas (Cerfis) do Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI).

A ação é da Associação Goiana de Esclerose Múltipla (AGEM), Ice & Sports e Sociedade Brasileira de Cardiologia – Goiás, em comemoração ao Dia Mundial do Coração (celebrado em 29 de setembro). Com percurso de 5 km e 10 km, com caminhada de 5 km, as inscrições serão encerradas dois dias antes do evento. Para se inscrever e obter mais informações sobre o evento, basta acessar o site www.ativo.com

Ao fazer a inscrição, cada pessoa estará contribuindo com uma causa maior, que é ajudar as pessoas que dependem do atendimento e procedimentos do Cerfis. “A renda que será doada ao HMI ajudará na compra e reparos de equipamentos, bem como na melhoria da estrutura física do Centro de Reabilitação, melhorando o atendimento e tratamento  dos nossos pacientes”, afirma a diretora técnica do hospital, Sara Gardênia.

A dona de casa Natiele de Paula Martins e o auxiliar de expedição Marcelo dos Santos, pais do paciente Marcelo Martins, de nove anos, ficaram felizes em saber que o Centro de Reabilitação contará com esse apoio. “Sou muito grata a toda equipe do Cerfis! Aqui parece coração de mãe, com o acolhimento que recebemos”, destacou.

Natiele ficou sabendo que seu filho tinha fissura do lábio e palato, quando ele nasceu. Porém no próprio hospital, o médico que fez o parto já orientou que os pais procurassem o Cerfis. “A recepção que tivemos foi maravilhosa. Recebemos apoio psicológico e orientações”, revelou.

O garotinho passou por duas cirurgias. A primeira, quando tinha oito meses e a segunda com um ano e sete meses. Hoje, o sinal é quase imperceptível. “Ficou muito bom”, falou o pai. Agora, o pequeno Marcelo, tem acompanhamento todo mês pelos profissionais do Centro.

História do Cerfis – Desde 1990, o HMI conta com o trabalho de uma equipe multidisciplinar que atua na reabilitação de pacientes que nascem com a fenda palatina (chamada popularmente de lábio leporino).

Com um trabalho totalmente gratuito, o Cerfis tem por objetivo acolher, cadastrar, tratar e reabilitar os portadores de Fissuras de Lábio e ou Palato. Seu compromisso é devolver a saúde, a autoestima e o sorriso aos pacientes.

Mais de 6 mil pacientes estão cadastrados atualmente no Cerfis. Segundo a coordenadora do setor, a ortodontista Flávia Aline Jesuíno, são realizados cerca de 500 atendimentos e realizadas em torno de 20 cirurgias plásticas ao mês.

Além de Goiânia e de cidades do interior do estado, o centro atende pacientes vindos do Mato Grosso, Rondônia, Tocantins, Maranhão, Pará, Acre, Bahia e Minas Gerais. O trabalho é realizado em diversas etapas que envolvem cirurgias plásticas reparadoras, cirurgias odontológicas e acompanhamento odontológico, fonoaudiológico e psicológico específicos e a longo prazo, ou seja, o acompanhamento ao paciente vai desde o início, ainda bebê,  até a fase adulta.