Noticia

CRIANÇAS INTERNADAS NO HMI RECEBEM PRESENTES DE NATAL  

Carrinhos, bolas, bonecas, maquiagem, fogão entre outros brinquedos fizeram a alegria dos pequenos pacientes da unidade 

 No dia 23 de dezembro, antevéspera do Natal, teve um gostinho diferente para as crianças internadas no  Hospital Estadual Materno Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI). Elas receberam presentes da Polícia Penal e do grupo Tudo por Amor, que buscaram o Serviço Social da unidade para fazer a distribuição dos brinquedos.

A ação trouxe alegria para as crianças e mamães que acompanham os filhos internados na unidade e que não poderão passar o Natal no conforto do lar. As crianças que estavam passando por consultas também foram presenteadas.

Todos os brinquedos doados pela Polícia Penal foram produzidos por 14 detentos e entregues pelos policiais, que fizeram a alegria da criançada. Foram carros de polícia, fogão, miniaturas de móveis, tudo confeccionado em madeira. Estiveram presentes na ação: o diretor-geral de administração penitenciária, Josimar Pires; o diretor geral adjunto de administração penitenciária, Aristóteles El Assal; a gerente de produção agropecuária e indústria, Alline Scaglia e o chefe da seção industrial, Moisés Santana.

“Uma ação de suma importância como essa nos traz muita alegria e honra. São crianças que vão poder esquecer um pouco do ambiente hospitalar e brincar. O universo mágico da imaginação infantil é um lugar sem fronteiras e, com certeza, a nossa ação irá auxiliar no tratamento. Levamos um acolhimento que vai garantir a esperança positiva para o combate de qualquer enfermidade”, disse o diretor-geral Josimar Pires.

Pelo terceiro ano consecutivo, o grupo Tudo por Amor se mobilizou para fazer a entrega de brinquedos. “Para gente é gratificante fazer esse trabalho do bem, tornar o Natal de uma criança mais feliz e o sentimento é de realização”, afirmou a integrante do grupo Sione Santos.

Para Tahine da Silva, ver o sorriso no sorriso da filha não tem preço. “Nesse momento difícil, receber esse carinho  é uma alegria não só para os nossos filhos , mas também pra gente. Foi um gesto muito lindo”, disse. A filha, Natália Lopes, de 10 anos, ficou muito feliz. “Não esperava ganhar tantos presentes aqui no hospital. Gostei demais!”, falou sorrindo.

Para Yan Carlos, de 12 anos, foi um momento mágico. “Foi muito legal. Amei meus presentes”, afirmou o garoto. “É maravilhoso  ver que no meio da tristeza que estamos passando, Deus envia anjos para quebrar o clima de hospital, de injeções e agulhas. Fiquei muito feliz”, pontuou a mãe de Yan, Clemilda Vargas.

Só tenho que agradecer a todas essas pessoas que reservam um pouco de seu tempo para fazer o bem, para dar alegria aos nossos pequenos pacientes. Ver o sorriso no rosto dessas crianças  é extremamente gratificante e nos impulsiona a continuar fazendo a diferença na vida das pessoas. Que todos tenham um Natal de amor e luz”, destacou a coordenadora do Serviço Social, Mariana Loyola.

Deixe uma resposta