Dia do Meio Ambiente nas unidades de saúde de Contagem

No dia 05 de junho celebrou-se o dia do Meio Ambiente, a data foi instituída para mobilizar a sociedade quanto à preservação dos recursos naturais. Antenado ao assunto, o Instituto de Gestão e Humanização (IGH) possui uma Política de Gestão Ambiental para o fortalecimento do tripé da sustentabilidade.O documento tem como diretrizes o cumprimento das normas ambientais e sanitárias nacionais, estaduais e municipais, em todas as unidades em que é responsável pela gestão dos serviços de saúde. “Além disso, a Política prevê o constante aperfeiçoamento dos processos de economia de água, energia e geração de resíduos nos ambientes de trabalho,” esclareceu a diretora regional do IGH, Ana Kécia Xavier.
Em Contagem, todo o resíduo gerado nas unidades é controlado e descartado de forma a minimizar os riscos ao ambiente e a saúde humana. As ações são organizadas pelo Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos de Saúde (PGRSS), assim como nas demais unidades do Instituto.Segundo a coordenadora da Biossegurança em Contagem, Adriana Alves, buscando a qualidade dos procedimentos de segregação e descarte correto dos resíduos, o Complexo Hospitalar de Contagem (CHC) adquiriu 361 lixeiras para as áreas técnicas e assistenciais. Os equipamentos, distribuídos nos meses de abril de 2020 e junho do ano passado, contam com sistema tampa pedal e identificação conforme as normas técnicas vigentes.COVID-19Em meio ao cenário atual de pandemia, é importante destacar que os resíduos resultantes de pacientes de casos suspeitos ou confirmados de COVID-19 contam com a destinação ambientalmente correta, com sinalização de risco num fluxo diferenciado de coleta interna dos mesmos.Anteriormente a este período, os materiais recicláveis descartados pela Instituição, em especial, o papelão, eram doados para a Associação de Catadores Autônomos de Materiais Recicláveis de Contagem (ASMAC). Atualmente esta atividade está temporariamente suspensa devido ao risco de contaminação por coronavírus.Educação ambientalO CHC conta com a participação da Comissão Interna de Gerenciamento de Resíduos (CIGRESS) para o debate e construção de estratégias que aperfeiçoem estas atividades no ambiente hospitalar. O grupo é formado por profissionais de todas as áreas técnicas e realiza reuniões mensais.O treinamento é outra tática que visa incluir todos os colaboradores dentro das práticas previstas no PGRSS, contribuir para um ambiente sustentável e seguro para a realização procedimentos. Eles são realizados periodicamente e atualmente in loco evitando aglomerações. “Com todos estes esforços, reduzimos o volume de infectantes de 50 bombonas de 200 litros para 35 unidades coletadas diariamente no CHC,” ressaltou Adriana Alves.
Outro ponto de atenção nas unidades da rede de urgência e emergência de Contagem – Hospital Municipal, Centro Materno Infantil e UPAs – é a manutenção dos reservatórios de água. A limpeza é feita semestralmente, na oportunidade são coletadas amostras física, química e microbiológica visando à garantia da potabilidade da água. Para realizar a atividade é seguido um plano de contingência de uso dos tanques para que não haja desperdício o da água e nem interrupção do fornecimento na unidade, o que vem dando resultados positivos no serviço.