HEMNSL promove ações sobre o Novembro Azul

O Serviço Social do Hospital Estadual e Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (HEMNSL) promoveu hoje (17/11), atividades para reforçar a importância de prevenir a saúde do homem, com ênfase no câncer de próstata, também conhecido como “Novembro Azul”. Na recepção da unidade, os colaboradores foram surpreendidos com uma palestra sobre o tema, ministrada pelo médico da unidade, Túlio Sardinha, acompanhado pela coordenadora do Serviço Social, Lourdes Maria.

A campanha do “Novembro Azul”, segundo o profissional, deveria se estender ao longo do ano, uma vez que o câncer trabalha no silêncio. “A doença não espera o mês chegar para aparecer. O homem precisa sempre estar atento para qualquer sinal que seja diferente no corpo, principalmente se for após os 55 anos, idade quando ela se torna mais suscetível”, alertou. A partir de qualquer sintoma, o urologista precisa ser procurado e uma investigação iniciada, pois quanto mais cedo for diagnosticado, há mais chances de cura. 

Túlio ainda fez um comparativo sobre a procura por assistência em homens e mulheres, que deixam a desejar quando o assunto é saúde. “Nós, homens, precisamos mudar esse hábito de ir ao médico apenas quando não há mais jeito. Temos  que nos previnir em qualquer âmbito. As mulheres já trabalham com essa conduta, o que é muito mais benéfico”, destacou. O médico ainda falou sobre um estudo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que aponta que os homens são os que mais morrem se infectados pelo novo Coronavírus, sendo 55% do sexo masculino, enquanto 45% são mulheres.

A coordenadora Lourdes Maria deu continuidade ao evento, distribuindo kits com informativos e preservativos masculinos aos presentes; e orientou a todos os colaboradores sobre uma gincana que premiou os homens que trabalham no HEMNSL, caso respondessem as perguntas corretamente no chamado “Big Fone”. Em horários variados, o Serviço Social ligou nos setores e questionou os atendentes sobre a saúde do homem.