HEMNSL promove atividades para lembrar o Dezembro Verme

O Hospital Estadual e Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (HEMNSL), por meio do Serviço Social, promoveu no dia 16 de dezembro (quarta-feira), palestra em conscientização ao movimento “Dezembro Vermelho”, mobilização nacional na luta contra o vírus HIV/Aids e outras IST (infecções sexualmente transmissíveis), chamando a atenção não só para a prevenção, mas também para a assistência e a proteção dos direitos das pessoas infectadas com o HIV. 

Na recepção da unidade, decorada na cor vermelha, o médico Túlio Sardinha falou aos presentes sobre a campanha, detalhando sobre a doença. “Aids é causada pela infecção do Vírus da Imunodeficiência Humana (do inglês HIV), que ataca o sistema imunológico. A transmissão se dá durante relações sexuais desprotegidas, contato com sangue contaminado ou de mãe para filho durante a gravidez e a amamentação com pessoas soropositivas, quando as devidas medidas de prevenção não são tomadas. Por isso, é sempre importante fazer o teste e se proteger em todas as situações”, explicou.

O preconceito foi algo bastante discutido durante a palestra, uma vez que é preciso quebrar o tabu existente em cima do portador do vírus que hoje,  pode sobreviver normalmente, seguindo com o tratamento necessário. “Já existem remédios e assistência médica para oferecer ao soropositivo uma qualidade de vida melhor do que antigamente, quando tudo era mais difícil”, explicou. Sardinha ainda detalhou sobre o tratamento e as unidades de referência para a doença em Goiás.

Como de costume, em seguida, os presentes puderam tirar dúvidas sobre a temática com o profissional. Brindes foram sorteados. Preservativos e  materiais informativos foram distribuídos após a palestra.