HMI apresenta resultados positivos com projeto Lean nas Emergências

O Hospital Estadual Materno Infantil Jurandir Nascimento (HMI), em apenas dois meses de implantação do projeto Lean nas emergências, do Ministério da Saúde, por intermédio do Proadi/SUS em parceria do Hospital Sírio Libanês, já apresentou os primeiros resultados positivos.

Nos dias 14 e 15 de outubro (segunda e terça-feira), o hospital recebeu a visita  dos  representantes do Hospital Sírio-Libanês, o pediatra Marcello Pedreira e o especialista de processos, Felipe Pinheiro Machado. É a sexta visita realizada, onde eles se reúnem com gestores e profissionais da unidade para identificar dificuldades e implementar ações de melhoria, utilizando as ferramentas do projeto, bem como capacitar as equipes.

Na apresentação dos indicadores realizada pelo Gerente Médico Assuero Seixas, gestor responsável pela aplicação das ações do projeto no HMI, os dados apontam uma redução do tempo de permanência do paciente internado na obstetrícia (urgência, enfermarias e UTIs) entre oito a doze horas e na pediatria (urgência, enfermaria e UTI) entre cinco a doze horas. Também foram identificadas redução de dezesseis horas na Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal (UCIN) e cinco dias na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN).

De acordo com Assuero, isso se deve ao fato de haver maior agilidade e resolutividade nas pendências relativas à necessidade dos pacientes. “Importante ressaltar que a diminuição de tempo de permanência do paciente internado no hospital contribuirá com maior rotatividade de leitos e surgimento de mais vagas em menor espaço de tempo, gerando condições de atender e internar mais pacientes. E é vista como algo positivo quando se põe em perspectiva a segurança e saúde do próprio paciente”, destacou o gerente.

Outra informação adquirida nessa apresentação foi sobre a diminuição do indicador de superlotação no Pronto Socorro Pediátrico de aproximadamente 19,63% entre os meses de agosto e setembro, e de 61,89% se considerarmos os dez primeiros dias de outubro; e no Pronto Socorro da Mulher de aproximadamente 40,12% entre os meses de agosto e setembro, e de 68,84% se considerarmos os dez primeiros dias de outubro.

Os colaboradores se sentiram ainda mais incentivados ao conhecerem os resultados que já são perceptíveis. “Hoje, percebemos que temos a resolução mais rápida e assertiva em relação ao giro de leito, o que gera aumento de fluxo. Acredito que ainda haverá mais melhorias”, pontuou o coordenador de enfermagem do Pronto Socorro Pediátrico, Nilson de Souza.

Segundo a diretora técnica do HMI, Sara Gardênia, esses resultados foram atingidos graças à utilização das ferramentas do Lean implantadas no hospital. “Por meio delas, criou-se uma cultura de disciplina. Fica mais fácil identificar problemas e gerar oportunidades para melhorias. Por exemplo, através do Daily Huddle – reuniões nas quais, com agilidade e resolutividade, ocorre uma comunicação efetiva através de uma maior integração entre as equipes e participação ativa multidisciplinar – quando são avaliadas as gestões de rotina e notificadas pendências para maior praticidade nas resoluções das mesmas”, avaliou. O Huddle é realizado duas vezes ao dia.

 
O representante do Sírio Libanês, Marcelo Pedreira disse que a unidade vem correspondendo à expectativa. “A equipe em geral, está engajada, quer fazer com que as mudanças aconteçam. A comunicação melhorou muito. Mas ainda precisa de uma participação mais efetiva nas reuniões”, salientou.

Sobre o Lean nas Emergências

O projeto Lean visa promover melhorias nos processos da unidade hospitalar baseado em diminuição do tempo e custo com maior qualidade do serviço, otimizando a capacidade de cada colaborador dentro da unidade para atendimento ao paciente. O objetivo é assegurar fluxos contínuos e cortar desperdícios e retrabalhos, para reduzir a superlotação nas unidades de urgência e emergência por meio de sistema de gestão que padroniza processos internos, reduz o tempo de permanência e traz maior efetividade e produtividade ao serviço prestado à sociedade.