Hospital Municipal de Contagem completa 17 anos

No dia 30 de agosto, o Hospital Municipal de Contagem José Lucas Filho (HMC) completou 17 anos de fundação. Neste ano, além de dar continuidade para assistência à saúde da população contagense, outro desafio fez parte da rotina da unidade nos últimos cinco meses – o enfrentamento a pandemia do novo coronavírus.Desde março, início das diretrizes sanitárias para prevenir a Covid-19 no município, o HMC teve seus espaços e serviços readequados, para que o cuidado de pacientes acometidos por esta doença respiratória pudesse ser realizado e vidas fossem recuperadas.
Para o enfermeiro do CTI 1 Covid-19, Alexandre Reis Costa, nos últimos meses houve muitos esforços para que a equipe realizasse o cuidado com excelência, o que só fez fortalecer o conhecimento diante da situação presenciada. “Apesar das perdas para a Covid-19, nós tivemos muitas pessoas recuperadas, vencendo a doença. Momentos como esses, dá uma experiência valiosa para todos nós profissionais da saúde,” disse o enfermeiro. 
Com 50 leitos exclusivos para o atendimento de casos suspeitos e confirmados de infecção respiratória do novo coronavírus, o Hospital acolheu e cuidou de muitas pessoas até o momento. Entre elas, o senhor Geraldo Batista de Lana, 84 anos, que após 21 dias internados, venceu a Covid-19 e deixou a unidade ao lado das filhas retornando para casa.
Com três anos de trabalho no HMC, a técnica de enfermagem da ala Covid-19, Jéssica Xavier de Oliveira, acredita que o aprendizado é algo marcante na trajetória do Hospital: “a situação de pandemia agregou muito valor ao nosso dia a dia. A equipe se uniu para vencer e ajudar os pacientes a superarem a Covid-19 que foi uma ocasião inédita vivida por toda a sociedade e, principalmente, por nós profissionais da saúde”.
A recepcionista do Pronto Socorro do HMC, Rosa Maria Coelho Teodoro, conta que com a pandemia passou a observar mais o ser humano. E, com isso, viu que o Hospital estabeleceu uma nova forma de trabalho, além de recomeçar processos e se reinventar para humanizar o cuidado. “A unidade tem sido muito proativa com os trabalhadores e pacientes. É possível ver muitas pessoas recebendo alta e curadas, além de famílias satisfeitas com o cuidado, o que nos dá esperança na área da saúde” comentou Rosa.
Todo o serviço foi gerido por meio de protocolos e fluxo assistenciais, específicos para o trato em meio a pandemia. A equipe teve que ser capacitada e atualizada a todo o momento conforme as diretrizes dos órgãos de saúde, assim como a transformação de áreas físicas e a ampliação de unidades de tratamento intensivo (UTIs).Para a médica da ala Covid-19 do Hospital Municipal, Beatriz Costa Matos, a capacidade de se adequar as necessidades sem perder o profissionalismo, é o grande destaque do HMC para neste ano. 
Ela complementa ainda que toda a reformulação e transformação realizada fez com que os laços profissionais ficassem ainda mais fortes, assim como os processos de trabalho da instituição que os realizou com maestria e zelo: “nestes 17 anos, o HMC vem sendo casa de muitos profissionais que se dedicam ao cuidado. Hoje somo mais que uma equipe, nós somos uma família dedicada e comprometida que entrega um trabalho com muito amor e gratidão”
“Parabéns para o Hospital, aos profissionais da saúde e aos colaboradores desta família HMC. Que possamos enfrentar não apenas a Covid-19, mas todas as doenças que a população venha precisar de cuidado,” parabenizou Dra. Beatriz Costa.