Noticia

Colaboradores do HMI recebem 3° dose de reforço contra Covid-19

 Em dois dias, foram aplicadas 507 doses da vacina, que completa a imunização dos servidores da unidade de saúde 

O Hospital Estadual Materno Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI) em parceria com o Distrito Campinas-Centro da Secretaria Municipal de Saúde, nos dias 19 e 20 de outubro (terça e quarta-feira), aplicou a 3ª dose da vacina contra Covid-19, nos colaboradores da unidade.

A medida para ampliação da dose de reforço para os profissionais da saúde que já completaram o ciclo vacinal, foi divulgada em 24 de setembro pelo Ministério da Saúde.  Os colaboradores do Materno-Infantil tomaram a dose de reforço, seguindo os protocolos estabelecidos, visto que foram vacinados com a 2ª dose  em  24 e 25 de fevereiro, com a  CoronaVac. Conforme orientação, a dose de reforço aplicada foi a vacina da Pfizer-BioNTech.

Os setores do HMI envolvidos na organização da ação foram o Núcleo de Vigilância Epidemiológica Hospitalar (NVEH), Centro de Referência em Imunobiológicos Especiais (Crie), Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) e Gerência de Enfermagem.

Para dar mais agilidade no processo, a imunização foi realizada em dois postos dentro do hospital, com três aplicadores. “Nosso objetivo foi garantir, com toda segurança, a dose de reforço dos profissionais do HMI, sem que eles precisassem se deslocar a outro local”, afirmou a gerente de Enfermagem, Luzia Helena Berigo.

Com o reforço, os colaboradores estão mais tranquilos. “Me sinto muito mais segura com a terceira dose. E receber a vacina no local de trabalho, facilitou bastante”, falou Luciana Costa. “Com a circulação de novas variantes é importante esse reforço. Minha sensação é de dever cumprido, não só por mim, mas para o bem da comunidade”, destacou Habssay Flabull.

Imunizante

A vacina Pfizer/BioNTech utiliza a tecnologia de RNA mensageiro (mRNA). O material genético sintético, que carrega o código genético do SARS-CoV-2, estimula o organismo a gerar anticorpos contra o vírus.

Texto: Marilane Correntino – Assessora de Comunicação

Foto: Marilane Correntino – Assessora de Comunicação

Deixe uma resposta