HEMNSL promove palestra com orientações sobre avaliação de desempenho

Os colaboradores do Hospital Estadual e Maternidade Nossa Senhora de Lourdes participaram de um treinamento promovido pelo setor de Recursos Humanos (RH) do Instituto de Gestão e Humanização (IGH) – gestor da unidade – sobre a avaliação de desempenho que será aplicada com todos os funcionários este ano. A palestrante foi a psicóloga e psicanalista Ana Christina da Rocha Lima, que também irá colher e analisar o resultado da avaliação quando realizada.

Depois de fazer um balanço sobre a relação de trabalho desde a Idade Média e mostrar a importância de capacitar os profissionais constantemente para que possam atuar com excelência, a psicóloga explicou para os presentes que a avaliação não tem como cunho resumi-los ou destacar seus pontos negativos. “As empresas entenderam que para manter o recurso humano, a solução está em promover treinamentos. Por isso, essa avaliação tem objetivo de desenvolver a todos vocês por meio de capacitações, que promovem o movimento do sonho e fazem com que o funcionário passe a querer otimizar seu trabalho”, afirmou Ana Christina.


De acordo com ela, a avaliação irá detectar os caminhos para o desenvolvimento; e possibilitar uma ação – planejamento de treinamento e capacitação. E ainda, depois de participar dessas aulas, o funcionário tem como ganho o conhecimento que será instrumento para novos projetos. A avaliação será feita pelo responsável de cada área por meio da classificação das competências profissionais, sendo nove gerais e mais duas no caso de colaboradores que ocupam cargos de liderança. “É importante destacar que cada um poderá dizer os pontos que concorda e os que não concorda. Mas também vale ressaltar que aqueles que forem avaliados com necessidade de participar de alguma capacitação por não aplicarem alguma competência no dia a dia irão ganhar em participar pois será uma aula específica para o seu ponto fraco”, explicou a profissional.


O ginecologista e obstetra Túlio Sardinha, que participou do treinamento, afirmou que considera positiva essa nova metodologia. “No ponto de vista prático, vejo que as capacitações dão resultados e são importantes. Porém, não acredito que surtem efeito quando são sempre a mesma coisa para todos, acredito que realmente é fundamental que sejam específicas para a área e para o ponto que há necessidade de evolução”, opinou.
O mesmo treinamento ocorre mais duas vezes amanhã, na parte da manhã e da tarde, para abranger os colaboradores de todos os turnos.