UPA Parque São Cristóvão capacita profissionais sobre identificação de sepse

A Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24 Horas Parque São Cristóvão, em Salvador, deu início a um projeto de capacitação para identificação e tratamento precoce da sepse (infecção generalizada) em pacientes adultos. Voltado para os profissionais que atuam no posto de urgência, o treinamento é fruto da parceria entre o Hospital Sírio-Libanês e o Ministério da Saúde.

“O objetivo desse programa é implementar melhorias de processos que permitam aos profissionais de saúde identificar quando o paciente já chega à UPA com sepse e agilizar o seu tratamento até o encaminhamento para unidade hospitalar”, destacou Daniela Sandes, coordenadora de enfermagem do IGH.

Para compreender a condição da unidade e, assim, programar as medidas necessárias para desenvolvimento do projeto, uma equipe do Sírio-Libanês já realizou uma visita de diagnóstico na UPA.

Entre as medidas que serão implantadas na unidade de emergência para a capacitação no reconhecimento e tratamento precoces da sepse estão o rastreamento da condição de casos suspeitos, a implementação de protocolo para administração precoce de antibióticos e o treinamento de equipe de alta performance capacitada para abordagem da sepse, por exemplo. O treinamento inclui as medidas desejáveis (coleta de culturas, exames laboratoriais, administração de antibióticos, reconhecimento das falências orgânicas e seu tratamento) que, sabidamente, quando empregadas adequadamente, contribuem para evitar a mortalidade.